Leave Her Solo

Leave Her Solo é uma instalação-escultura interativa, selecionada entre os trabalhos de tese de mestrado, exibida na exposição Between Spaces, em maio de 2016, em Nova Iorque.

Leave Her Solo é a expressão de um espaço particular, criado no tempo, para a introspecção criativa. É uma interpretação do ‘lar da alma’, descrito por Pinkola Estés, e uma reinterpretação do espaço feminino necessário para a criatividade, descrito por Virginia Woolf. Na falta de espaço e tempo para as mulheres inseridas num contexto machista, faz-se necessária uma navegação nas profundezas dos nossos próprios seres.

A rede de crochet, um todo interconectado, um abrigo e casulo. O ato de se crochetar, quando as mãos ocupadas permitem que a mente vagueie. O conhecimento preservado pela linhagem feminina, geralmente passado de avó, para mãe, para filha, atravessando gerações por séculos. No núcleo, camadas externas  revelam no centro a natureza profunda, a mata densa, as montanhas interiores, a imersiva sensação de se estar em si, solitude inteira.

Tecnologia usada: clmtrackr.